Governador da PB não é alvo de ação de hoje, diz MP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Calvário

O coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB), promotor Octávio Paulo Neto, explicou ao G1 que o governador da Paraíba não é alvo da ação desta terça-feira.

O TCE informou que Arthur Cunha Lima afastado desde dezembro de 2019 e não mantém contato com o TCE ou servidores. Segundo o órgão, as apurações são sigilosas e, por não saber o conteúdo, fica inviável emitir qualquer manifestação sobre o específico procedimento investigativo.

A defesa de Ricardo Coutinho informou às 12h20 que ainda não teve acesso à decisão do STJ e que vai se informar sobre o processo antes de se pronunciar.

A ação é organizada pelo Gaeco junto com a Polícia Federal e a Controladoria-geral da União (CGU). Os órgãos solicitaram o bloqueio de bens dos investigados na Calvário em um total de cerca de R$ 23,4 milhões para reparação por danos morais e materiais e os bloqueios foram autorizados pelo ministro Francisco Falcão.

Foram bloqueados os bens dos seguintes investigados e empresas:

  • Ricardo Vieira Coutinho – Ex-governador da Paraíba – R$ 2,28 milhões
  • Gilberto Carneiro da Gama – Ex-procurador-geral do Estado da Paraíba – R$ 2,28 milhões
  • Arthur Paredes Cunha Lima – Conselheiro afastado do TCE-PB – R$ 2,28 milhões
  • Arthur Paredes Cunha Lima Filho – Filho de Arthur Cunha Lima – R$ 2,28 milhões
  • Diogo Maia da Silva Mariz – Advogado – R$ 2,28 Milhões
  • Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama – Ex-chefe de gabinete de Arthur Cunha Lima – R$ 1,01 milhão
  • Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama Filho – Ex-chefe de gabinete de Arthur Cunha Lima – R$ 1,01 milhão
  • Lúcio Paredes Cunha Lima – Irmão de Arthur Cunha Lima – R$ 1,01 milhão
  • Keydison Samuel Sousa Santiago – Suposto operador financeiro do grupo – R$ 2,6 milhões
  • Maia & Mariz Advogados Associados – R$ 2,28 milhões
  • SG Construções e Locações de Máquinas e Equipamentos LTDA – R$ 1,01 milhão
  • Cidade Inteligente Goiana Construções SPE – R$ 1,01 milhão
  • Seven Software Sistemas e Serviços LTDA – R$ 1,01 milhão
  • Sumário Editora, Comércio e Distribuidora de Livros, Revistas e Periódicos,
  • Representações e Gráfica LTDA – R$ 1,01 milhão

Por: Resenha Politika

Leia também

© 2020 Todos os Direitos Reservados | TV Interativa