Notícias

Tom Brady acumula R$ 39 milhões em bônus após título do Super Bowl sobre o Chiefs

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Astro bateu todas as metas individuais e coletivas que tinha feito na assinatura do contrato com Tampa Bay

O triunfo sobre o Kansas City Chiefs por 31 a 9 na noite de domingo não rendeu a Tom Brady apenas o seu sétimo título e o quinto prêmio de MVP (Jogador Mais Valioso) de um Super Bowl. O astro, de 43 anos, também embolsou uma bolada em dinheiro pela façanha de conduzir o Tampa Bay Buccaneers ao seu segundo titulo da NFL.

A vitória rendeu-lhe um bônus adicional de US$ 500 mil (cerca de R$ 2,6 milhões), que somados aos prêmios anteriores totalizará um total de R$ 39,4 milhões.

Antes da final, Brady já havia ganhado US$ 5,25 milhões (R$ 27,6 milhões) por ter classificado o time para os playoffs e avançado as três rodadas (wild card, semifinal de conferência e final de conferência) com os Buccaneers.

O astro levou US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,2 milhões na cotação atual) por cumprir duas metas individuais, que seriam figurar entre os cinco primeiros do ranking de determinadas estatísticas.

Quando assinou com Tampa Bay, Brady também acertou prêmios por conquistas coletivas, que em caso de título renderiam quase R$ 35 milhões.

Na era pré-Tom Brady, os Buccaneers não se classificavam para os playoffs desde 2007. O time tinha ido apenas uma vez ao Super Bowl, em 2003, quando fora campeão.

Ele fechou a temporada regular como o segundo melhor quarterback em número de touchdowns, empatado com Russell Wilson, com 40 (atrás apenas de Aaron Rodgers, dos Packers, com 48), e o terceiro em números de jardas, com 4.633 (atrás de Patrick Mahomes, dos Chiefs, com 4.740, e Deshaun Watson, dos Texans, com 4.823).

Por Redação do ge

Tom Brady, campeão do Super Bowl LV — Foto: Mark J. Rebilas-USA TODAY Sports