Notícias

Operação Andaime: Justiça Federal determina que delator e empresa paguem dívida de quase R$ 3 milhões

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Juiz da 8ª Vara Federal da Comarca de Sousa, expediu um mando de citação para que Francisco Justino do Nascimento, operador financeiro da Operação Andaime, e a empresa Servcon Construções Comercio e Serviços LTDA – EPP, CNPJ 10.997.953/0001-20, paguem, num prazo de 05 dias, uma divida de execução fiscal em favor da Fazenda Nacional no valor de R$ 2.889.192,70, com juros de mora, multa, correção monetária e custas judiciais.

De acordo com a determinação judicial, caso Francisco Justino e a empresa dele, a Servicon, não paguem a dívida e nem garantida à execução, serão penhorados tantos bens quantos bastem para garantia integral do débito excutido.

Francisco Justino é réu e já foi condenado em diversas ações penais e cíveis por atos de improbidade administrativa, organização criminosa, fraudes em licitação, peculatos entre outros crimes, todas no âmbito da Operação Andaime.

com Debate Paraíba