Notícias

Forças de Segurança vão fiscalizar toque de recolher em Pau dos Ferros

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Equipes sairão da sede do 7° Batalhão de Polícia Militar às 17 horas para garantir o cumprimento da medida, que tem objetivo de barrar a circulação do coronavírus no RN

FRASE
“Não estamos nas ruas para prender as pessoas de bem. Este trabalho, antes de tudo, é de conscientização e educação. É preciso a colaboração de todos, para juntos vencermos esta doença.”
Coronel Francisco Araújo Silva
Secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social

Com saída às 17 horas da sede do 7° Batalhão de Polícia Militar, as forças de segurança pública do Rio Grande do Norte iniciam neste sábado (6), em Pau dos Ferros, as ações de fiscalização e conscientização para garantir o cumprimento do novo toque de recolher e demais medidas restritivas contidas no decreto estadual nº 30.388/2021.

O toque de recolher começa às 20h e, no caso deste final de semana, estará em vigor até 6h da segunda-feira, dia 08. As novas medidas foram adotadas pelo Governo do RN em razão das altas taxas de transmissibilidade do novo coronavírus e da maciça ocupação de leitos de UTI, que se somam à baixa cobertura vacinal da população. No início da tarde de hoje (6), a taxa de ocupação de leitos no Rio Grande do Norte era de 96,0% e, na Regional Oeste, 98,9%.

“Serão 34 horas direto, com uma ação integrada para combater a pandemia. Essa é a principal ação deste final de semana e está sendo articulada com os municípios, que estão se somando nessa questão. O toque de recolher, independente de decreto municipal, vale para todo o estado do RN, e por isso está se pedindo contribuição dos municípios com a Guarda Municipal, onde houver, e da população como um todo, para criar uma grande barreira contra a expansão do coronavírus. Esta é uma ação do Pacto pela Vida que precisa da solidariedade e contribuição da sociedade”, frisou o coordenador do Pacto pela Vida, Fernando Mineiro.

O titular da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), coronel Francisco Araújo Silva, destacou a integração entre as forças de segurança como ponto importante para o sucesso da missão. “Não estamos nas ruas para prender as pessoas de bem. Este trabalho, antes de tudo, é de conscientização e educação. É preciso a colaboração de todos, para juntos vencermos esta doença”, ressaltou.

“A professora Fátima Bezerra nos confiou esta missão. E esta primeira ação de cumprimento do novo decreto começa agora, às 20h deste sábado, e vai até as 6h da manhã da segunda-feira. É um trabalho intenso, e que requer a abnegação de todo o nosso efetivo”, acrescentou o coronel Araújo.

FIQUE POR DENTRO
De segunda a sábado, o toque de recolher vai das 20 horas até as 6h do dia seguinte. Nos domingos e feriados a restrição é em tempo integral, ou seja, o dia todo.

O Estado do Rio Grande do Norte disponibilizará suas forças de segurança aos municípios, por meio das operações do Programa Pacto Pela Vida, para coibir aglomerações, seja em espaços públicos ou privados, abertos ou fechados.

É permitido o deslocamento de pessoas durante a vigência do toque de recolher, seja mediante serviço de transporte de passageiros ou veículo próprio, restritamente em SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA ou para o DESLOCAMENTO ENTRE O LOCAL DE TRABALHO E O DOMICÍLIO RESIDENCIAL.