Notícias

Governo do Estado deve editar novo decreto ampliando as medidas restritivas para evitar a propagação da Covid-19 na Paraíba e evitar um colapso no sistema de saúde

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Reunido neste domingo (07),  por meio de videoconferência, com representantes dos Ministérios Públicos Federal e Estadual, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas do Estado, Assembleia Legislativa e Prefeitura de Campina Grande, o  governador João Azevêdo (Cidadania)  discutiu a necessidade de adoção de novas medidas restritivas para evitar a propagação do novo coronavírus, como também a ameaça de um colapso nos sistemas de saúde pública e privada, em razão do aumento de casos de Covid-19 na Paraíba.

O Estado registrou neste domingo um recorde de internação ,  1.218 novos casos e 23 óbitos por covid-19.

Durante a videoconferência de hoje, João Azevêdo  apresentou o trabalho do Governo da Paraíba para ampliar a oferta de leitos de enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em todas as macrorregiões de Saúde, mas ponderou para a alta taxa de transmissibilidade do vírus.

  • “Mesmo com a abertura de novos leitos, estamos no pico da pandemia e precisamos ter uma clareza da fase diferente e difícil que estamos atravessando. As nossas ações devem levar em consideração o espírito de humanidade, de solidariedade, com respeito aos setores econômicos e com foco na vida. Nós devemos ter a visão de que a Paraíba toda precisa fazer esse enfrentamento, só assim, vamos vencer esse momento”, pontuou. 

João Azevêdo reforçou sobre a importância da imunização da população e da expectativa para a chegada de novas doses das vacinas nos próximos meses. “Se a projeção do Ministério da Saúde se confirmar, poderemos ampliar o público vacinado, seguindo o Plano Nacional de Imunização, mas enquanto a vacina não chega em quantidades suficientes, precisamos manter os cuidados recomendados pelas autoridades sanitárias”, acrescentou. 

No final do encontro virtual ficou acertado que os gestores manterão o diálogo para discutir as ações de enfrentamento da pandemia na Paraíba.

Dentre as autoridades que participaram da videoconferência estão o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino; o prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima; o presidente do TJPB, Saulo Benevides; o presidente do TCE, Fernando Catão; e o procurador-geral de Justiça, Francisco Seráphico; além de gestores da Secretaria de Saúde do Estado.

Neste sábado (06) a secretaria de saúde da Paraíba divulgou a 20ª avaliação do Plano Novo Normal Paraíba (PNNPB). O documento aponta que 95% (211) dos municípios paraibanos estão em bandeira laranja; 4% (8 municípios) figuram em bandeira vermelha e apenas 4 municípios têm bandeira amarela, representando uma redução de 97% em relação à avaliação anterior, a menor participação desta bandeira desde o início dos ciclos avaliativos do PNNPB.

O boletim de hoje da SES aponta que o estado já confirmou 229.194 casos de coronavírus e 4.679 óbitos. A ocupação de leitos de UTI chega a 80% e de enfermaria, 69%.

Fonte: Paraíba Notícia