Notícias

Deputado paraibano desafia Guedes a sobreviver com o auxílio emergencial

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O deputado estadual Anísio Maia desafiou o Ministro da Economia Paulo Guedes a sobreviver, e manter sua família, durante um mês com o valor médio de R$ 250,00 referente ao auxílio emergencial oferecido à família de duas pessoas ou mais pelo Governo Federal.

O parlamentar se encaminhou para um supermercado da capital localizado no bairro da Torre, onde todas as normas de segurança foram respeitadas, e selecionou itens sugeridos em modelos de Cesta Básica de órgãos oficiais. Dividiu o valor do auxílio (R$ 250,00) por trinta dias que resultou em R$ 8,33 reais para uma família de duas ou mais pessoas.

A partir de um cálculo matemático, usando uma balança e os valores gastos nos itens, o deputado chegou a um resultado quantitativo de alimentos por dia 125g de cuscuz, 59g de açúcar, 78g de feijão, 100 de arroz, 12 de manteiga, 13 de leite em pó, 40g de farinha, 30 ml de óleo, 6 g de café, 60 g de macarrão, uma batata, uma banana e uma tomate. O restante dos itens comprados que não foram separados foram usados posteriormente pelo deputado em sua residência.

“Vou mandar para Paulo Guedes (responsável por fixar o valor), para desafiá-lo a conseguir sobreviver e manter sua família em um dia com o que ele está oferecendo ao povo brasileiro através desse auxílio emergencial”, comentou Anísio Maia.

O parlamentar pontuou que o auxílio emergencial não condiz com a realidade atual, considerando principalmente o aumento dos preços, e nem com as necessidades das famílias em dificuldades.

Por: Radar Sertanejo