Notícias

Vereador faz denuncia que vacinas ficam guardadas enquanto vidas podem ser ceifadas em São João do Rio do Peixe/PB – VEJA VÍDEO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Muniz fez apelo direto ao Prefeito Luiz Claudino, e ao Secretário de Saúde, Ronaldo Duarte Dantas, que “não brinquem com as vidas das pessoas”
O Vereador de oposição em São João do Rio do Peixe, Webster Dantas Muniz, voltou neste sábado (10), usar a rede social, através de áudio para criticar veemente o Prefeito Luiz Claudino, e seu Secretário de Saúde, Ronaldo Duarte Dantas.
Muniz revelou que chegaram nesta sexta-feira (09) ao Município, 159 doses de Vacina contra a Covid-19 para a 1ª dose, e 390 para a 2ª dose, porém os imunizantes estão guardados para somente nesta segunda-feira (12) serem aplicadas na população.
O motivo desta atitude do Prefeito Luiz Claudino com o seu Secretário de Saúde é para não pagar diária aos profissionais, comentou o Edil Mirim.

  • Essa vacinas que eram para ontem mesmo, hoje sábado, amanhã domingo para estarem imunizando a população, mas somente na segunda-feira é que o prefeito vai mandar imunizar a população para não pagar diária aos servidores da saúde de São João do Rio do Peixe, denunciou.
    O Parlamentar Mirim lembrou diferentemente de outros municípios que quando chegam os imunizantes, o Gestor determina imediatamente aplicação das vacinas contra o Coronavirus objetivando salvarem vidas sem demora.
    Porém o Vereador Muniz relatou que há uma “falta de organização” muito grande por parte do Serviço de Saúde de São João do Rio Peixe, “quando tem o imunizante para vacinar”.
  • Isso é uma vergonha para o Município de São João do Rio do Peixe, aonde o município tirou R$ 52.686,00 de diárias em menos de seis meses, e todas as vezes que as vacinas chegam na sexta-feira, só na segunda-feira é que o Prefeito mandar imunizar, completou.
    Muniz não poupou crítica ao chefe do executivo de São João do Rio do Peixe em tempo de pandemia que é preciso a população ser imunizada o mais rápido possível para salvar vidas no município o prefeito em vez de contribuir com ação humanitária, prefere guardar as vacinas por três dias pelo fato, conforme o Vereador oposicionista, “não querer pagar diária aos profissionais da saúde”.
  • Agora é todas as vezes que as vacinas chegam na sexta, ele não vacina na sexta, no sábado, e no domingo, somente na segunda, guardando (as vacinas), três dias, lembrou.
    São João do Rio do Peixe já contabiliza 34 óbitos.
    Muniz fez apelo direto ao Prefeito Luiz Claudino, e ao Secretário de Saúde, Ronaldo Duarte Dantas, que “não brinquem com as vidas das pessoas”.
    Até o fechamento desta matéria, o Prefeito Luiz Claudino, e o Secretário de Saúde não tinham sido encontrados para falarem sobre o tema.

Vídeo: