Notícias

Rebeca Andrade é 1ª brasileira a ganhar duas medalhas em uma única edição das Olimpíadas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Depois de conquistar a prata do individual geral, ginasta de 22 anos tem novo feito histórico com ouro no salto dos Jogos de Tóquio
Rebeca Andrade conquistou mais um feito histórico nas Olimpíadas de Tóquio. Depois de faturar a prata no individual geral e se tornar a primeira brasileira medalhista olímpica na ginástica artística, ela foi ouro no salto neste domingo. É a primeira vez que uma brasileira sobe duas vezes ao pódio em uma única edição de Jogos Olímpicos.

  • Eu não sabia disso, não. Mas eu me sinto muito orgulhosa de mim porque acho que consigo representar toda a força da mulher e é muito gratificante. As pessoas sabem como é difícil estar aqui. Como é difícil trazer duas medalhas. É muito esforço, muito trabalho. Fico muito feliz por representá-las – disse Rebeca.

As primeiras mulheres brasileiras medalhistas olímpicas foram Jaqueline Silva, Sandra Pires, Adriana Samuel e Mônica Rodrigues. Elas fizeram uma dobradinha na estreia do vôlei de praia nos Jogos. Rebeca agora se tornou a primeira mulher do Brasil com duas medalhas numa só edição dos Jogos e ainda pode ir a três pódios. A ginasta disputa a final do solo com o Baile de Favela nesta segunda-feira, às 5h57 (de Brasília).

Entre os homens, o primeiro brasileiro a conquistar duas medalhas olímpicas em uma mesma edição de Olimpíadas foi o atirador Afrânio da Costa, nos Jogos da Antuérpia 1920. Na Rio 2016, o canoísta Isaquias Queiroz se tornou o primeiro atleta do país a superar essa marca, com três medalhas.

Fonte: GE