Notícias

Uruguai domina, tem gol anulado e só empata com a Colômbia pelas Eliminatórias

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Superior durante os 90 minutos e com gol anulado, o Uruguai ficou no empate sem gols
com a Colômbia na noite desta quinta-feira, no Estádio Parque Central, em Montevidéu,
pela 11ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo no Catar

Com o resultado, o Uruguai se manteve na terceira posição, agora com 16 pontos. Um placar que preocupa a seleção celeste na briga por vaga direta no Mundial. Já a Colômbia é a quarta colocada, com 14 pontos, outra seleção que também procura a regularidade.

O primeiro tempo teve o Uruguai dominando as ações do jogo e buscando o gol a todo
tempo. O principal jogador da seleção celeste foi Luís Suárez, sempre participativo e
quem mais finalizou à meta do goleiro Ospina.
Melhor em campo, os uruguaios chegaram a balançar as redes aos 21 minutos. Viña, exlateral do Palmeiras, fez ótimo cruzamento e Luís Suárez cabeceou para as redes.
Acontece que o atacante estava em posição irregular e a arbitragem anulou o gol. No
restante do primeiro tempo, a Colômbia se fechou na defesa para segurar a igualdade
sem gols, enquanto o Uruguai viu o meia flamenguista Arrascaeta sofrer lesão muscular
na coxa e deixar o campo mais cedo.
No segundo tempo, a Colômbia conseguiu controlar as investidas do Uruguai e teve mais
espaço para trocar passes no campo de ataque. Ainda assim a postura seguiu defensiva,
aguardando os contra-ataques para fazer um gol na casa uruguaia. E este gol quase
aconteceu aos 25 minutos. Luís Díaz puxou contra-ataque, viu a defesa desprotegida e
tocou para Zapata. Dentro da área, o jogador finalizou em cima do goleiro Muslera, que
fez um verdadeiro milagre.
No final do jogo, o Uruguai esboçou pressão decisiva pela vitória, mas seguiu esbarrando
na forte marcação colombiana. Os uruguaios voltam a campo no domingo para enfrentar
a Argentina, às 20h30, em Buenos Aires. Já a Colômbia, no mesmo dia, mas às 18 horas,
recebe o Brasil, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla.

Por: Bem Paraná

Photo by Andres Cuenca-Pool/Getty Images