A sua fonte segura de informação!

Notícias

Ciro Gomes adota tática de suspenção de pré-candidatura à Presidência da república

Ciro Gomes anunciou na manhã desta quinta-feira, 4, a suspensão da sua pré-candidatura à Presidência após parte do PDT votar a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios. A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quinta o texto-base da PEC com 312 votos favoráveis (apenas 4 a mais do que o necessário) e 144 contrários. O PDT foi o único partido da oposição a recomendar o voto “sim” e, na prática, garantiu a vitória do governo Bolsonaro.

Ainda será necessária a votação dos destaques para que o texto seja definitivamente aprovado em primeiro turno. Em seguida, a PEC precisa passar por um segundo turno de votação na Câmara dos Deputados e para depois seguir para o Senado Federal. “Temos um instrumento definitivo nas mãos, que é a votação em segundo turno, para reverter a decisão e voltarmos ao rumo certo. Não podemos compactuar com a farsa e os erros bolsonaristas”, defendeu o ex-governador do Ceará. “Justiça social e defesa dos mais pobres não podem ser confundidas com corrupção, clientelismo grosseiro, erros administrativos graves, desvios de verbas, calotes, quebra de contratos e com abalos ao arcabouço constitucional”, concluiu.