A sua fonte segura de informação!

Notícias

Ministro Marcelo Queiroga volta a adotar tom político durante visita na PB

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Em mais uma passagem pela Paraíba, onde cumpriu agenda em João Pessoa, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga voltou a adotar um tom político em seu discurso.

Queiroga falou sobre a desobrigação do uso de máscaras, declarando que o governo federal trabalha para que no fim do ano o Brasil possa flexibilizar o uso do equipamento de proteção.

Ao falar do tema entretanto, disse também que algumas pessoas, a quem ele denominou de “mascarados” tentam prejudicar o Brasil.

“Vamos trabalhar firmemente para ter um Natal sem máscaras. Depois vamos desmascarar os mascarados de sempre, que sempre prejudicaram o Brasil no rumo que esse país tem para ser uma grande nação” disse.

Já em contato com a imprensa após o lançamento do programa Previne Brasil, o auxiliar do presidente Bolsonaro declarou que não está no seu plano colocar seu nome na disputa, seja qual for a vaga.

“Essa possibilidade nunca existiu na minha vida, estou trabalhando como ministro. O presidente me convocou para assumir o comando da saúde do Brasil. Os resultados estão aí, uma das maiores campanhas de vacinação do mundo. Queda de 90% nos casos de Covid-19, de 90% nos óbitos. Preciso cumprir a missão que o presidente me deu, que é acabar com a pandemia. Essa questão de política partidária, eu nunca militei. Estou muito feliz em cuidar da saúde”, argumentou.