A sua fonte segura de informação!

Notícias

RN terá peso decisivo nas prévias do PSDB, aponta consultor político

O consultor político Alberto Carlos Almeida em conversa com o Blog do Barreto afirmou que em termos proporcionais o diretório potiguar do PSDB será um dos mais decisivos nas prévias do partido que serão realizzadas no próximo domingo envolvendo os governadores Eduardo Leite (RS) e João Doria (SP), além do ex-senador e ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio Neto.

Ele disse que o PSDB potiguar caminhará majoritariamente ao lado de Doria e que o empenho do presidente do partido e da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza está sendo decisivo. “No Rio Grande do Norte Doria é muito forte. Tem o presidente do PSDB com ele. É muito atuante e forte no partido”, avaliou.

Alberto revelou que tem mantido contatos com dirigentes do PSDB e recebeu informações de que o RN tende a ter uma votação proporcional em favor de Doria superior à de São Paulo. “Gente de São Paulo avalia que a votação proporcional de Doria será maior no RN do que no próprio estado dele”, complementou.

Um termômetro usado por Alberto é a quantidade de passagens emitidas pelo partido pelos filiados que vão a Brasília votar. Cerca de 50% são dos diretórios dos RN e SP somados. “Quando você soma RN com SP eles somam uma fatia muito grande do colégio eleitoral como um todo”, acrescentou.

Alberto reafirmou o peso do presidente da Assembleia nestas articulações. “Ezequiel é um político competente e a atuação dele reflete no peso do PSDB nas prévias”, frisou.

O PSDB potiguar tem cinco deputados estaduais, 31 prefeitos, 24 vice-prefeitos e 250 vereadores. É proporcionalmente um dos maiores diretórios tucanos do país. “O RN é pequeno, mas o PSDB é forte aí. Tem um colégio eleitoral respeitável”, concluiu Alberto.

Quem é?

Alberto Carlos Almeida é um dos cientistas políticos mais renomados do país. É autor dos livros “A Cabeça do Brasileiro”, “A Cabeça do Eleitor” e o “O Voto do Brasileiro”, além de ser um dos consultores políticos mais requisitados do Brasil.