A sua fonte segura de informação!

Notícias

Prefeito, vereador e secretário viram alvo de investigação do Ministério Público no vale do Rio do Peixe paraibano

 

A promotora, Flávia Cesarino de Sousa Benigno, de São João do Rio do Peixe, PB, instaurou Inquérito Civil de nº 001.2021.047928, naquele município, tendo em vista que, vislumbram na condição de investigados, os senhores; Luiz Claudino de Carvalho Florêncio (prefeito), Thammyris Iara Vieira de Sousa (procuradora do município de São João do Rio do Peixe), Marcondes Vieira de Sousa (Vereador), Ronaldo Duarte (secretário de saúde), Thiago Pires de Sousa, Johny Luiz Lins de Sousa, Aldenir Lins de Sousa, Sabrina Batista Rodrigues e Maria do Socorro Batista Cipriano.

De acordo com a Notícia de Fato apresentada pelo suplente de vereador, Hugo Figueiredo Moreira, a mencionada investigação tem como objetivo apurar a possível prática de atos de improbidade administrativa cometidos, em tese, pelos
investigados, através da prática de nepotismo perpetrado pela Procuradora-Geral do Município de São João do Rio do Peixe (Thammyris Iara Vieira de Sousa), pelo Chefe de Gabinete (Marcondes Vieira de Sousa), que tem, como contratados por
excepcional interesse público no Município ou em cargo de direção, chefia ou assessoramento, admitidos pelo Secretário de Saúde do Município, Ronaldo Duarte, e pelo Prefeito, Luiz Claudino de Carvalho Florêncio, tudo nos termos do artigo 11, XI, LIA: 1- Thiago Pires de Sousa (Gerente de Aquisição, Cont., Arm. E Distrib. De Medicamentos – irmão da Procuradora); 2- Johny Luiz Lins de Sousa (contratado por excepcional interesse público – marido da Procuradora); 3- Aldenir Lins de Sousa (contratado por excepcional interesse público – Sogro da procuradora); 4- Sabrina Batista Rodrigues (contratado por excepcional interesse público – esposa do Secretário de Saúde); 5- Maria do Socorro Batista Cipriano (cargo comissionado como Secretária escolar – esposa de Marcondes Vieira de Sousa, Chefe de Gabinete).

Este já é o quarto Inquérito Civil para investigar irregularidades administrativas instaurados somente no ano de 2022 na cidade de São João do Rio do Peixe.

Da Redação do Blog do Espião