A sua fonte segura de informação!

Notícias

Polícia Civil investigará exposição de suástica nazista em Mossoró.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A 2ª Delegacia de Polícia Civil de Mossoró, no Oeste potiguar, abriu uma investigação para apurar imagens feitas por moradores de um condomínio que mostram um quadro com uma suástica nazista em uma placa colocada na sacada da casa de um vizinho.
A abertura da investigação foi confirmada pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte ao g1 na tarde desta terça-feira (15). A corporação informou que, até então, ninguém havia registrado uma denúncia formal sobre o caso, porém, a delegacia do município decidiu pela apuração sobre o caso.
Vizinhos fizeram fotos da placa que contém uma suástica – símbolo usado pelo partido nazista alemão comandado por Adolph Hitler – em cima de uma casa em um condomínio de classe média do município. As imagens ganharam as redes sociais e geraram revolta.
Em nota enviada ao g1 pelo condomínio, o morador da casa onde a suástica foi fotografada explicou que o material em madeira foi usado para um trabalho escolar do filho há 3 anos e que nesta semana foi reaproveitado para um serviço de manutenção na residência.
“Reforço aqui o meu pedido de desculpas a todas as pessoas de bem que de alguma forma sofreram ou se sentiram ofendidas por tantas lembranças ruins que essa imagem possa ter trazido, definitivamente não era essa nossa intenção”, diz a nota.
Apologia ao nazismo
A apologia do nazismo usando símbolos nazistas, distribuindo emblemas ou fazendo propaganda desse regime é crime previsto em lei no Brasil, com pena de reclusão.
A apologia do nazismo se enquadra na Lei 7.716/1989, segundo a qual é crime:
Praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional. Pena: reclusão de um a três anos e multa – ou reclusão de dois a cinco anos e multa se o crime foi cometido em publicações ou meios de comunicação social.
Fabricar, comercializar, distribuir ou veicular símbolos, emblemas, ornamentos, distintivos ou propaganda que utilizem a cruz suástica ou gamada, para fins de divulgação do nazismo. Pena: reclusão de dois a cinco anos e multa.
Confira a nota na íntegra:
“O nazismo é uma ferida que ainda sangra no coração da humanidade.
A pelo menos 3 ou 4 anos, meu filho fez um trabalho na escola q discorria sobre esse tema, dentre outras artes havia essa imagem em uma espécie de tabuleiro, ainda lembro de ter alertado a minha esposa: tome cuidado qdo for tirar isso do carro, algumas pessoas podem interpretar de forma errada, jogamos o material na dispensa, semana passada orientei uma pessoa a fazer uma vedação numas das calhas do teto, numa busca rápida por uma tábua para fazer a mistura da massa plástica ele encontrou essa tábua, autorizei o uso e o mesmo subiu para realizar o serviço, o mesmo entendeu q poderia surgir falhas no trabalho feito e decidiu deixar o material no local para um possível retoque. Lamento decepcionar alguns, mas, nossa casa não é e nunca será lugar de culto nem muito menos de homenagem ao holocausto ou qualquer outro ato nazista.
Não tenho a menor vergonha de vir aqui pedir desculpas por entender q essa vergonha deveria partir daqueles q ontem de maneira prematura, assim como um tribunal nazista, julgaram, condenaram e sentenciaram uma família, a gente oferece aos outros aquilo q tem no coração. Portanto, REFORÇO AQUI O MEU PEDIDO DE DESCULPAS a todas às pessoas de bem q de alguma forma sofreram ou se sentiram ofendidas por tantas lembranças ruins q essa imagem possa ter trazido, definitivamente não era essa nossa intenção.
E só para esclarecimento, essa imagem não foi feita por um drone, me reservo no direito de preservar minha família, me identificarei caso necessário no momento oportuno.”