A sua fonte segura de informação!

Notícias

PF diz que deputados do PL usavam grupo armado para desviar emendas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A Polícia Federal relatou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que encontrou indícios de que um grupo liderado pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL-MA), com a participação dos deputados Bosco Costa (PL-SE) e Pastor Gil (PL-MA), teria utilizado um grupo armado, extorsões e saques em dinheiro vivo para desviar emendas parlamentares destinadas a prefeituras do Maranhão.

O GLOBO teve acesso a trechos da investigação, mantida sob sigilo na Corte. Para apurar essa suspeita, a PF cumpriu nesta sexta-feira mandados de busca e apreensão nos endereços desses três parlamentares. Os envolvidos negam a acusação.

A Polícia Federal relatou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que encontrou indícios de que um grupo liderado pelo deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL-MA), com a participação dos deputados Bosco Costa (PL-SE) e Pastor Gil (PL-MA), teria utilizado um grupo armado, extorsões e saques em dinheiro vivo para desviar emendas parlamentares destinadas a prefeituras do Maranhão.