A sua fonte segura de informação!

Notícias

Estudante de medicina é achada morta em apartamento; suspeito é preso

Suspeito do crime tinha um relacionamento há um mês com a vítima; ele já tem outras três acusações pela Lei Maria da Penha por agredir três mulheres diferentes.
o corpo de uma estudante de medicina foi encontrado com sinais de estrangulamento em um apartamento, na orla do Cabo Branco, em João Pessoa, neste sábado (12). Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito de ter cometido o crime estava em um relacionamento há um mês com a vítima.
De acordo com a polícia, a vítima foi identificada como Mariana Thomaz de Oliveira, de 25 anos. Ela era natural do Ceará e estava na Paraíba para cursar a graduação de medicina. O corpo dela foi encontrado após a polícia receber uma ligação do suspeito informando que Mariana estava tendo convulsões.
Chegando no local, o perito observou sinais de esganadura. Por causa disso, o suspeito foi preso preventivamente. Após exames, a perícia confirmou a esganadura.
A polícia ainda informou que o suspeito já tem outras três acusações pela Lei Maria da Penha por agredir três mulheres diferentes.
O corpo da vítima foi periciado e será liberado na noite deste sabado.
O suspeito está preso à disposição da justiça.