A sua fonte segura de informação!

Notícias

Adriano Pires desiste de assumir comando da Petrobrás

O economista Adriano Pires disse ao Palácio do Planalto nesta segunda (4) que não vai assumir o comando da Petrobras. Ele havia sido escolhido por Jair Bolsonaro após a saída de Joaquim Silva e Luna.


Segundo O Globo, o que fez Pires desistir do cargo foram os possíveis conflitos de interesse, apontados em relatório da área técnica da estatal. Ele é consultor da Abegás e de diversas empresas do setor. O Ministério Público havia pedido ao TCU que apurasse a indicação. No domingo, Rodolfo Landim, indicado para comandar o conselho de administração da empresa, também desistiu de assumir. O Antagonista revelou que foi condenado por contas irregulares, o que dificultaria sua aprovação. Ontem, a Crusoé mostrou que ele desistiu da indicação. Jair Bolsonaro teria dito a aliados que integrantes da Petrobras estariam fazendo “jogo sujo” contra a indicação de Pires.