A sua fonte segura de informação!

Notícias

Bolsonaro critica apoio a Lula: ‘Uma granadinha mata todo mundo’

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Bolsonaro apelidou o ex-presidente de ‘nine’, o imitou com as mãos, baixando um dedo mindinho

O presidente Jair Bolsonaro (PL) fez uma declaração contra a pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), durante um discurso na Apas Show,  da Associação Paulista de Supermercados, em São Paulo, nesta segunda-feira (16/4).

Bolsonaro apelidou o ex-presidente de “nine”, o imitou com as mãos, baixando um dedo mindinho e disse que, caso o PT volte ao poder, o país levará 50 anos para se recuperar.

“Agora tá todo mundo reunido ao lado do ‘nine’ [referência a Lula] para organizar a campanha dos caras, pô. A vantagem que a gente tá vendo nisso tudo, que tudo que não presta tá se juntando”, afirmou.  “Igual Paulo Guedes, em 2018, quando juntou aquele montão de candidatos, e eu falei: ‘É bom que um tiro só mata todo mundo ou uma granadinha só mata todo mundo'”, disse.

Para o presidente, Lula não o “intimida”.

“Eu vi o ‘nine’ falando aí que eu vou perder a eleição e vou perder a minha família toda. Tá achando que vai me intimidar, pô? Dando recado? Ou nós decidimos no voto para valer, contabilizado, auditado ou a gente se entrega. E se se entregar, vai levar 50 anos ou mais para voltar a situação que está hoje em dia. Não sou o fodão, não, mas creio que já dei provas mais que prova suficiente a todos que a gente tem que conduzir com pulso firme o destino do Brasil.”

Bolsonaro ironizou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e reclamou que a Corte Eleitoral não tem acatado as sugestões apresentadas pelo Ministério da Defesa.