A sua fonte segura de informação!

Notícias

Suplente de Vereador do Lastro diplomado com 44 votos assume cadeira após cassação de titulares

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Conforme a denúncia, teria o Partido o AVANTE permitido candidaturas Laranjas na cota das Mulheres
Aconteceu nesta terça-feira (14), a posse de quatro suplentes de vereadores, após serem diplomados na Câmara do Município do Lastro.

A sessão foi presidia pelo Vereador, Francisco Miudezas que cumpriu determinação da Justiça Eleitoral que mandou dá posse os suplentes: Nilton César Sarmento (44 votos);
Francisco Aurélio de Oliveira (151 votos); Gerlane Evangelista (152 votos); Gilma Pereira Gonçalves (118 votos).

Quatro Vereadores, e três suplentes do Município de Lastro no Sertão da Paraíba tiveram seus mandatos, e direitos políticos cassados em decisão proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral, sobre acusações de “candidaturas laranjas” na Coligação de 2020 para beneficiar os candidatos desta aliança política.

Conforme a denúncia, teria o Partido o AVANTE permitido candidaturas Laranjas na cota das Mulheres, sendo elas: Regiane Andrade de Oliveira, Regiane Andrade de Oliveira, Maria de Lourdes Gomes de Abrantes, Margarida Fernandes Sarmento, as quais não teriam feito campanha, ainda votarem, e colocado fotos de candidatos a Vereadores em suas casas, comprovando assim a tese promovida pela Denúncia.

Em 1ª Instancia não houve provimento, mas ao correr da decisão para o TRE, a decisão prolatada por pelo provimento 5×1 votos dos Juízes Eleitorais, e dos noves eleitos em 2020, três foram casados do mesmo Partido AVANTE.