A sua fonte segura de informação!

Siglas aliadas podem ficar com um terço das pastas em gestão Lula

O futuro governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) avalia ceder cerca de um terço da Esplanada dos Ministérios a partidos aliados – tanto em consideração pelo apoio na disputa eleitoral como em busca de governabilidade junto ao Congresso Nacional.

Ao todo, são citadas onze pastas por aliados do petista. A expectativa é de que o número de ministérios seja ampliado de 23 para pelo menos 33 na nova gestão.

Lula ainda não definiu a configuração da Esplanada dos Ministérios. Ele tem deixado claro em conversas reservadas, segundo dirigentes petistas, que iniciará a partir desta semana a composição dos postos de primeiro escalão.

O petista, no entanto, de acordo com interlocutores, já deu sinais de preferências, além de aliados do presidente eleito já terem feito sondagens informais.