Notícias

‘Estamos mais próximos do colapso do que nunca’ diz secretário sobre ocupação de leitos na Paraíba

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A gestão do prefeito Zé Aldemir em Cajazeiras tem demonstrado uma grande evolução no quesito transparência, e a cada ano […]

O secretário Executivo de Gestão da Rede de Unidades de Saúde, Daniel Beltrami, alertou nesta terça-feira (16), que o sistema de Saúde ainda não colapsou, mas alegou que existe uma sobrecarga na Paraíba. “Colapso é quando não conseguimos atender ninguém, neste momento temos pacientes sem vaga no centro de referência Covid-19, estamos mais próximos do colapso do que nunca”, disse em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação.

A declaração do secretário vem no dia seguinte ao anúncio do governador João Azevêdo (Cidadania), que informou que a Paraíba está adquirindo mais insumos, equipamentos e contratando mais profissionais de saúde para permitir a ampliação da nossa capacidade de atendimento.

João anunciou, nas redes sociais, que,nas próximas 72 horas, serão abertos 39 leitos de UTI e de decisão clínica, nos hospitais de Trauma de João Pessoa, Clementino Fraga e no Hospital Geral de Mamanguape. “Esse tem sido o nosso foco nas últimas semanas, para evitar o colapso de leitos na Paraíba”.

De acordo com Beltrami, o ‘remédio’ hospital está no limite e é preciso tomar uma decisão como um só estado, um só país. “Se não colaborarmos pode chegar no colapso. Use máscara e não se aglomere”, ressaltou.

O secretário destacou que o hospital de Mamanguape, anunciado pelo governador, tem uma estrutura adequada e que estava na retaguarda da rede, apesar de não ter sido acionado até o momento. Ele também ressaltou que a Paraíba é um dos estados com maior rede hospitalar com capacidade de atender pacientes com covid-19.

Beltrami reforçou o pedido para as pessoas evitarem aglomerações, principalmente os “inocentes” churrascos entre família e amigos com 10 a 15 pessoas.

A Paraíba confirmou nessa segunda-feira (15), de acordo com o Boletim da Secretaria de Estado da Saúde (SES), 59 novos óbitos desde a última atualização, sendo 43 deles nas últimas 24h. Os óbitos ocorreram entre os dias 22 de fevereiro e 15 de março de 2021, sendo 22 deles em hospitais privados, dois em residência e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 4.992 mortes. O boletim registra ainda um total de 171.911 pacientes recuperados da doença.

Ainda de acordo com a SES, a ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 83%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 93%. Em Campina Grande estão ocupados 78% dos leitos de UTI adulto e no sertão 95% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro estadual de regulação hospitalar, 47 pacientes foram internados nas últimas 24h.


Marília Domingues/Deyse Poncian