Notícias

Corinthians vence, elimina Novorizontino e ajuda Palmeiras

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Campeonato Paulista

Agência Corinthians

O resultado não afetou a situação do Corinthians na competição, mas ajudou o rival Palmeiras e eliminou o visitante desta tarde.

Com uma equipe recheada de veteranos e jovens apostas, o Corinthians não aliviou neste domingo (9/5) e venceu o Novorizontino por 2 x 1, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela rodada final da fase de grupos do Paulistão. O resultado não afetou a situação do Corinthians na competição, mas ajudou o rival Palmeiras e eliminou o visitante desta tarde.

O Novorizontino precisava da vitória para desbancar o Palmeiras no Grupo C e ficar com a segunda vaga da chave nas quartas de final — a primeira já era do Red Bull Bragantino. Para piorar a situação do time de Novo Horizonte, o Palmeiras venceu a Ponte Preta por 3 x 0, alcançando os 21 pontos. O Novorizontino estacionou nos 19, sem a vaga na próxima fase.

Já o Corinthians chegou aos 25 pontos, na liderança do Grupo A. A equipe do Parque São Jorge já entrara em campo classificada.

O técnico Vagner Mancini surpreendeu neste domingo ao mandar a campo uma equipe mista, porém recheada de jogadores experientes, como Fábio Santos, Gil e Jô. Os veteranos formaram equipe com jovens atletas, que o treinador aproveitou para testar, visando a sequência da temporada do Corinthians.

Mesmo sem apostar numa equipe totalmente inexperiente ou com atletas da base, o time da casa enfrentou dificuldades nos primeiros 20 minutos. As apostas em cada setor da equipe faziam o entrosamento inexistir. O duelo seguiu equilibrado e de baixo nível técnico até os 30 minutos, quando o Corinthians pareceu contar com mais confiança.

Retomando sua melhor forma física, Mateus Vital foi o destaque da etapa inicial. Aos 34, criou a primeira e única grande chance do ataque corintiano nos primeiros 45 minutos. Em chute de fora da área, acertou o pé da trave direita do goleiro Giovanni. A bola só entrou em cobrança de pênalti de Fábio Santos, aos 38, após toque de mão de Robson dentro da área.

Se o primeiro tempo foi morno, o segundo começou movimentado, com chances para os dois lados. A essa altura, o Palmeiras já vencia a Ponte Preta. O resultado do alviverde e a derrota para o Corinthians eliminava o Novorizontino do Paulistão. Portanto, o time do interior acelerou o jogo nos primeiros minutos da etapa final.

Aos 14, Jenison foi derrubado por Bruno Méndez e o árbitro confirmou nova penalidade na partida. Douglas Baggio converteu e empatou o duelo, aos 15. Mas a esperança renovada do Novorizontino durou apenas dois minutos. O Corinthians voltou à liderança do placar após cobrança de escanteio na área e cabeçada de Mandaca, na segunda trave. O lateral havia sido relacionado pela primeira vez e estreava logo como titular.

Com a vantagem reconquistada, Mancini passou a fazer testes no elenco. Colocou pela primeira vez em campo o atacante Felipe Augusto e o volante Matheus Araújo. O Novorizontino, por sua vez, fez seguidas mudanças para aumentar seu poder de fogo no ataque, mas não teve sucesso.

O Corinthians cadenciou o confronto, minimizou os riscos e sustentou a vantagem até o apito final.

Por: Metrópoles