Notícias

Em pau dos Ferros: Prefeita Mariana pagou rombo de 4,6 milhões deixado como herança maldita por ex gestor – VEJA VÍDEO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Transparência e responsabilidade com a gestão do dinheiro público. De forma espontânea e em respeito ao cidadão pau-ferrense, a prefeitura de Pau dos Ferros, através da Secretaria Municipal de Finanças, inicia o sexto mês da gestão “Valorizando Nossa Gente” apresentando relatório de prestação de contas, e esclarecer a população como vem cuidando das contas públicas da nossa cidade.
Conforme o Secretário Municipal de Finanças, Jenison Fontes, as contas da Prefeitura de Pau dos Ferros foram recebidas zeradas e com a parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do dia 10 de janeiro de 2021 já comprometida com dívidas deixadas referentes ao mês de novembro e dezembro de 2020.” A gestão Marianna Almeida tem como principal característica o compromisso com Pau dos Ferros e, diante dos problemas constatados, tomamos o cuidado de conduzir as contas do município com mais responsabilidade e transparência. Para quitar essas dívidas, foi preciso fechar as “torneiras”, economizando com pessoal, economizando nas compras e no consumo em geral. Vale Salientar que algumas dessas contas fomos pegos de surpresa, pois foram bloqueadas automaticamente e impedindo, assim, um planejamento adequado da atual gestão”, pontuou Jenison.
As dívidas contraídas na gestão anterior foram a maior herança deixada para a população. Estamos falando de R$4.663.387,00, que a atual gestão teve que ampliar esforços para regularizar parte delas e evitar passar por mais transtornos, ao iniciar a administração pública da Prefeita Marianna Almeida.
Somam-se quase 5 milhões, parte das dívidas deixadas com fornecedores e que foram quitadas pela SEFIN, agora em 2021. Inclui também prestadores de serviços, demandas judiciais, contas essenciais como: INSS, PASEP, Consignados, até mesmo contas básicas como as de energia elétrica da COSERN, Internet e Correios, foram acumuladas de forma irresponsável pelo ex-gestor.
Ao chegar no sexto mês de mandato, é de extrema importância estabelecer esse relacionamento de confiança do poder público com a população, para estreitar laços de credibilidade e cuidado administrativo ao gerir o município de forma responsável. “Vamos continuar nosso trabalho com foco, compromisso, responsabilidade, planejamento e, acima de tudo, transparência. Temos ainda muita conta da gestão passada e estamos estudando estratégias dentro da legalidade e analisando as melhores formas para pagar esses fornecedores, sem que cause prejuízo para eles e danos para a atual gestão.