Notícias

Pau dos Ferros receberá implantação de policlínica até 2022, diz prefeita – VEJA VÍDEO

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Pau dos Ferros e os demais municípios potiguares vão trabalhar, junto ao Governo do Estado, até o fim do ano para finalizar os processos e implantar os primeiros Consórcios Interfederativos de Saúde do Rio Grande do Norte. O assunto foi pauta da reunião realizada na manhã da última quarta-feira (07) entre a prefeita Marianna Almeida, a governadora Fátima Bezerra, outros prefeitos e a equipe técnica da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).

A estratégia é que os primeiros Consórcios sejam implementados no Alto Oeste, no Vale do Açu, no Seridó e no Mato Grande, unindo esforços entre os municípios e o Governo para ampliar o acesso à saúde para a população dessas regiões.

A partir do consórcio a saúde terá a gestão compartilhada e quem vai ganhar é cada cidadão do Rio Grande do Norte. A prefeita de Pau dos Ferros, cidade do Alto Oeste Potiguar escolhida para receber a Policlínica, enxerga as vantagens dos Consórcios como: permitir otimizar o uso de recursos reduzindo gastos, porque se compartilham os custos.

Marianna Almeida elogiou a equipe da Sesap. “Está claro para todos os municípios que a forma de se caminhar é através da União e da parceria com os diversos entes. A região ser a mais distante da capital, a gente sabe o sofrimento com a saúde e os consórcios chegam para ampliar a oferta para a população”, afirmou ela.

A governadora Fátima Bezerra ressaltou a importância da união entre todos para fazer a ação sair do papel. “Consórcio significa parceria, sinergia, significa darmos as mãos com o objetivo de cumprir nosso papel, que é garantir a melhor assistência à saúde para a população. Estou aqui para cuidar da vida do povo do Rio Grande do Norte”, afirmou ela.

Os consórcios implementarão, em especial, serviços de urgência e emergência hospitalar, unidades de pronto atendimento, centros de especialidades odontológicas e atendimento de urgência cardiológica e ortopédica, entre outros serviços relacionados à saúde.

“Temos uma experiência com consórcios pelo país. O que nos inspirou foi a experiência do Ceará, desde 2007 quando instituiu as policlínicas e se consolidou como uma experiência exitosa. A proposta aprimora e amplia a oferta de atenção à saúde para a população, fortalecendo a regionalização, com serviços para toda a população”, disse o secretário de saúde do estado, Cipriano Maia.

Vídeo: